Berlim – Cidade Startup

Berlin é uma cidade em construção, uma cidade em constante mutação, que cresce a um ritmo alucinante. Visitei Berlin pela primeira vez, no fim-de-semana passado e fiquei impressionada pela energia que a cidade transmite e, essencialmente, pelas startups que visitei e conheci.

Não existem dúvidas que Berlim é um dos pólos de empreendedorismo na Europa. Startups como a SoundCloud, 6Wunderkinder, Wooga são apenas algumas das startups que estão a liderar a ascensão de Berlim enquanto cidade para startups. Com facilidade encontramos espaços que servem de instalações para várias startups, onde o ambiente é vivo, enérgico, mas também de trabalho. Nas startups que visitei vi vontade de se desenvolver bons produtos, produtos inovadores e capazes de competir num mercado mundial. Algo que achei interessante é a vontade destas startups de se separem da ideia dos copycats e o seu esforço para criarem produtos realmente inovadores.

Fala-se muito de Berlim como o Silicon Valley da Europa e da sua importância crescente ao nível do empreendedorismo. Pelo que vi, existem startups com muita qualidade, a conseguirem grandes investimentos e valorizações muito elevadas, no entanto, também já se começam a ver grandes valorizações para startups ainda por provar no mercado, pelo que acredito que Berlim está a criar a sua própria bolha, ainda que acredite que seja próprio desta explosão que a cidade está a viver.

Para mim, na guerra Berlim/Londres, pelo prémio de pólo de empreendedorismo da Europa, Berlim sairá vencedora. Honestamente, não acho que seja pela qualidade das pessoas ou até das startups, mas sim, porque Berlim é uma cidade com espaço e com um custo de vida muito baixo. Estes dois aspectos fazem de Berlim uma cidade mais atractiva para jovens empreendedores que querem começar as suas próprias empresas, mas também para startups em expansão, pois a um baixo custo conseguem expandir os seus escritórios.

Vai ser interessante acompanhar, nos próximos anos, o boom de startups em Berlim e ver se a próxima grande startup Europeia sairá de lá.

Inês Santos Silva

Co-fundadora e Chief Pirate Officer no Startup Pirates.

More Posts - Website - Twitter

Author: Inês Santos Silva

Co-fundadora e Chief Pirate Officer no Startup Pirates.

One thought

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>