O trampolim invisível

Frequentemente ouvimos dizer que “devemos aproveitar as oportunidades que nos são dadas”, que “não as podemos deixar escapar”, que “temos de as agarrar com unhas e dentes”.Tem-se a ideia de que as pessoas de sucesso são aquelas que o conseguem fazer, que conseguem aproveitar essa ocasião favorável, esse algo que vem conveniente e apropriado. E as que não o fizerem, terão provavelmente mais dificuldades em construir com êxito o caminho que pretendem.

Ora, se é verdade que nem todos ambicionam ser esse alguém de sucesso, pelo menos ao ponto de aproveitarem quase que desenfreadamente o que lhes é dado, também acontece existirem pessoas que embora ansiosas por agarrar qualquer oportunidade que lhes apareça, esperam frustradamente por essa ocasião que procuram, e que teima em não se revelar. Esses individuos nunca encontraram o trampolim que precisavam para o salto que sempre quiseram dar.

E continuado com esta analogia; não é mentira nenhuma se vos disser que trampolins há muitos, de vários tipos. Portanto, a minha questão é: Será que realmente nunca existiu trampolim? Ou será que quem o procurava não o soube identificar?

Eu acredito que a segunda opção é bem mais frequente do que imaginamos, e é essa a razão porque que escrevo este texto. Porque quero alertar para o quão fácil é deixarmos escapar aquilo que nos poderá dar os tão desejados frutos, simplesmente porque não reparamos no valor daquilo que nos passa à frente dos olhos.


E daí, se calhar as pessoas de sucesso não são aquelas que apenas conseguiram agarrar as oportunidades que lhes são dadas, mas os que antes disso as conseguiram identificar, no local para onde todos olhavam mas nada viam. Não é apenas uma questão de vontade, mas também de mestria.

A alternativa? – Não esperem nem procurem, e sejam os próprios criadores desse trampolim.

If opportunity doesn’t knock, build a door.”  – Milton Berle

Author: Daniel Lopes

Biz-Dev & Code at Whitesmith

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>