Sociedades Anónimas

Muito ouvimos falar de sociedades anónimas e muitas serão as vezes em que a curiosidade ou o despertar de interesse não é suficiente para nos irmos informar do que será isso de uma sociedade que se mantém no anonimato.
Pois bem, o termo que classifica este tipo de sociedade mais não é do que o modelo puro das sociedades capitais, baseando-se não na pessoa dos associados mas sim nos capitais que estes detêm. Ora, isto implica que o poder de cada um dos associados esteja directamente relacionado com o valor das acções que subscreveu (naturalmente não é esta uma relação de equivalência mas sim de implicação, e inversa!). A subscrição de acções pode ser pública ou particular e, no seu total, o capital da sociedade terá de ser superior ou igual a 50 000€ e apresentar-se-á dividido em acções de igual valor nominal.
Este tipo de sociedades terão como apêndice no seu nome “S.A.”. E para bons entendedores ou, que é como quem diz, bons economistas, será neste tipo de sociedades que o cidadão comum, quando compra acções, investe.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>