>

Os Piratas do Vale Silício

Pirates of Silicon Valley (1999) é um filme não-autorizado feito apenas para a televisão, pela TNT, escrito e dirigido por Martyn Burke. Baseado no livro Fire in the Valley: The Making of The Personal Computer, de Paul Freiberger e Michael Swaine, o filme documenta o nascimento da era da informática, desde o primeiro PC, através da histórica rivalidade entre a Apple e a Microsoft, desde o Altair 8800 do MIT, passando pelo MS-DOS, pelo IBM PC e terminando no Microsoft Windows.

O filme começa no início da década de 1970 e termina em 1985, pouco antes de Steve Jobs ser demitido da Apple por John Sculley.

Começando no campus da UCB (Universidade de Berkley) durante o período do Movimento Liberdade de Expressão, o filme mostra o percurso dos amigos Steve Jobs (Noah Wyle) e Steve Wozniak (Joey Slotnick)), que formariam a Apple Computer; e os estudantes de Harvard, Bill Gates (Anthony Michael), Steve Ballmer (John Di Maggio) e o amigo de GatesPaul Allen (Josh Hopkins), que criariam a Microsoft. O filme é narrado pelo ponto de vista de Wozniak e Ballmer.

Vi este filme na TV5 (dobrado em francês…). É certo que a narrativa é um pouco simplista, o personagem do Bill Gates está demasiado caricaturada e não estamos propriamente a falar de “oscar stuff”, mas para quem gosta deste tema e dos seus personagens (ou de odiar esses personagens), o filme é irresistível! Se não, veja só este dialogo:

Jobs, fresh from the launch of the Macintosh, is pitching a fit after realizing that Microsoft’s new Windows software utilizes his stolen interface and ideas. As Gates retreats from Jobs’ tantrum, Jobs screeches, “We have better stuff!”

Gates, turning, simply responds, “You don’t get it. That doesn’t matter…”

Ver trailer aqui.

Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Piratas_do_Vale_do_Silício

Partilhe:

9 Fevereiro 2010 | Carlos Cerqueira - IPN