Comunicar, Convencer, Vender

É cada vez mais importante comunicar de forma eficaz. No mundo em que vivemos, com a sobredose de informação que existe e o curto “attention span” de quem nos ouve (…e nosso quando ouvimos), quase que só há espaço para uma forma de comunicar no mundo profissional…depressa e bem.

Daí que a noção de “elevator pitch” ou discurso de elevador seja uma boa referência para a comunicação profissional, quer no contexto mais formal de uma apresentação, quer no contexto mais informal de uma conversa de corredor (…elevador?), ou intervalo de seminário, p.e.

O que conta é ser claro, incisivo, motivador, deixando no interlocutor a vontade de querer saber mais. E como todas as artes, o “pitch” requer uma sábia combinação de talento natural e treino intensivo (mesmo a naturalidade pode ser treinada…).

Para saber mais sobre o “pitch”, sugiro o Elevator Pitch 101 do Chris O’Leary.

Como inspiração de uma apresentação incisiva, deixo aqui um exemplo de um powerpoint. Tenho para mim que o powerpoint pode ser o maior inimigo do apresentador. Devemos sempre nos lembrar que não é mais do que uma “muleta” para o que estamos a dizer (e nunca a ler…).

Por isso, eis o Startup Viagra: How to Pitch a VC (no limite do bom gosto, como convêm!).

Author: Carlos Cerqueira - IPN

Director de Inovação do Instituto Pedro Nunes

One thought

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>